Sexta-feira, 8 de Maio de 2009

MEU FILHO

Hoje, falo a ti, porque sou tua mãe.
E, nesta data, não me basta receber o teu abraço, o teu presente.
Não me basta ser homenageada.
Aliás, não é preciso.
Neste dia, eu quero te agradecer.
Quero te olhar com carinho e com profundidade.
E pensar no quanto significas em minha vida.
Sou mãe, porque tu existe e sempre serei, enquanto viver, mesmo que deste mundo já tenha partido.
Sou tua mãe, não sou mãe apenas.
Sou mãe porque te gerei, ou porque te criei sem Ter te gerado ou porque te dediquei os meu dias, visando o teu crescimento e desenvolvimento integral.
E o que é ser mãe ? O que significa esta vivência ?
O que sou para ti e o que esperas de mim ?
Quero ser tua amiga, meu filho. Quero poder, no dia-a-dia, te ajudar a pensar, te oferecer minha mão, observar teu olhar e Ter a alegria de ver o sorriso em teu rosto.
Quero te ajudar a trilhar o teu caminho, respeitando tua liberdade, não te direcionando ou tolhendo, mas procurando te acompanhar.
Quero oferecer os meus momentos para os teus desabafos, quero ouvir os teu fatos do dia, estabelecendo um clima para que esses momentos existam, sem te cobrar quando não vieres a mim.
Quero saber te buscar sempre, sem te perder nunca, mesmo quando me ultrapassares em conhecimento e vivências.
Quero, enfim, crescer como mãe, enquanto te vi e te vejo crescer em idade, à medida que os anos passam.
E, para bem desempenhar o meu papel de mãe, preciso olhar para mim mesma, analisar meus atos, minha emotividade, meus posicionamentos de vida, minha luta do dia-a-dia; preciso analisar minhas falhas, verificar se estou sendo a mãe que mereces, se estou te dando exemplo de coragem e força, se estou ajudando a te encontrares contigo mesma e com Deus.
E, por isto, eu te agradeço. Agradeço porque, por existires, eu recomeço muitas vezes, eu amadureço e aprendo a ser uma mãe cada vez melhor.
A ti devo muito do que sou meu filho, pois a experiência de vivenciar, com seriedade, o papel de mãe, me oportunizou sorrisos, sofrimentos, cansaços, emoções que influenciaram minha personalidade e me levam, hoje, a tentar ser mais e melhor para poder conservar o elo de amizade que nos deve unir por toda a vida.
No dia das mães, agradeço a Deus por existires.

Sua Mãe...

 

publicado por Maria Glaene às 10:03
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Mãe Divindade Suprema

. Vovô e Vovó!

. Comemora-se o Dia dos Avó...

. Para você mamãe, com todo...

. Um garotinho perguntou à ...

. O preço do Amor

. Mãe, simplesmente mãe

. No dia em que Deus criou ...

. Esta é a grande dimensão ...

. Parabéns Mãe!!!

.arquivos

. Setembro 2009

. Maio 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Fernando Pessoa

. A Corrente Da Felicidade

. Amiga Maldita

. Escolhe

. Eco da Vida

. Consertei o Mundo

. Milho Bom

. A piscina e a cruz

. Anos dourados...

. ***De todas as coisas que...

blogs SAPO

.subscrever feeds