Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Obrigada, Mãe!

 

Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o nada e abriu o espaço...

Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o homem e abriu-se o encontro...

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi...

Mãe, o céu sem confins revela-me teu amor...
A vastidão do mar fala-me da tua bondade...
As altas montanhas refletem teu heroísmo...
A profundeza dos vales espelha tua humildade...
A beleza das flores traduz teu caminho...

Tudo isso encerras dentro de teu grande coração...
E silenciosa, serena, sorrindo,
continuas labutando no cotidiano da vida.

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi.

 

publicado por Maria Glaene às 23:31
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Mãe Divindade Suprema

. Vovô e Vovó!

. Comemora-se o Dia dos Avó...

. Para você mamãe, com todo...

. Um garotinho perguntou à ...

. O preço do Amor

. Mãe, simplesmente mãe

. No dia em que Deus criou ...

. Esta é a grande dimensão ...

. Parabéns Mãe!!!

.arquivos

. Setembro 2009

. Maio 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Fernando Pessoa

. A Corrente Da Felicidade

. Amiga Maldita

. Escolhe

. Eco da Vida

. Consertei o Mundo

. Milho Bom

. A piscina e a cruz

. Anos dourados...

. ***De todas as coisas que...

blogs SAPO

.subscrever feeds