Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

MÃE PARA SEMPRE

 


 

 

Por que Deus permite que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite, é tempo sem hora,
luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba,
veludo escondido na pele enrugada,
água pura, ar puro, puro pensamento.
Morrer acontece com o que é breve
e passa sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça, é eternidade.
Por que Deus se lembra - mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre junto de seu filho
e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.

 

Carlos Drummond de Andrade

publicado por Maria Glaene às 23:36
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Mãe Divindade Suprema

. Vovô e Vovó!

. Comemora-se o Dia dos Avó...

. Para você mamãe, com todo...

. Um garotinho perguntou à ...

. O preço do Amor

. Mãe, simplesmente mãe

. No dia em que Deus criou ...

. Esta é a grande dimensão ...

. Parabéns Mãe!!!

.arquivos

. Setembro 2009

. Maio 2009

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Fernando Pessoa

. A Corrente Da Felicidade

. Amiga Maldita

. Escolhe

. Eco da Vida

. Consertei o Mundo

. Milho Bom

. A piscina e a cruz

. Anos dourados...

. ***De todas as coisas que...

blogs SAPO

.subscrever feeds